Um Grupo de Indivíduos Com Armas branca Criaram Pânico na Escola Secundária de Nampula

Uma reunião de pessoas com ferramentas pesadas criou pânico na Escola Secundária de Nampula. Essa escola teve que interromper as aulas e, em relação ao caso, 9 jovens foram capturados, indiciados por apresentarem problemas nas escolas.

Foi um pavor absoluto para os alunos da oitava e nona classe que se concentram durante a noite na Escola Secundária de Nampula. Neusa Eduardo, 16 anos, mora na região de Muataunha e vai para a nona classe nesta escola. Ela diz que o dia estava cheio de pavor e pressão.

A polícia disse que naquele momento havia prisioneiros em relação ao caso. Nesta quarta-feira, 2 das mais de 10 pessoas que, na segunda-feira, atacaram esta escola, foram apresentadas pela polícia em Nampula, porém sem causar ferimentos.

Esses jovens ainda estão confinados, lembrando-se de estudos de diferentes escolas da praça, o que provavelmente criou pavor nas escolas.

O Sr. Virgilio Lopes é o pai desse estudante na escola secundária Cossore agora está conversando com a polícia. Ele diz que, em sete dias, ele pagou mais de 30.000 meticais ao Tribunal, que alude à taxa de segurança, em uma questão criminal que incluía seu filho.

Filomena Wite, a partir de agora em idade propulsora, foi desde a primeira delegacia de polícia em Nampula, onde seu neto está sendo mantido, junto com diferentes guardiões e vigias, procurando explicações.

A polícia garante considerar este encontro de jovens responsável pela manifestação apresentada.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *