Coronavírus: Presidente das Filipinas Manda Matar Quem Desrespeitar Medidas

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, alertou na quinta-feira uma população que solicitava aos especialistas que disparassem contra aqueles que afrontavam como medidas que foram forçadas a combater a propagação de novos coronavírus.

Em um discurso divulgado na TV, o pioneiro da nação asiática se transformou em uma “seriedade” da pandemia, que, até informação, causou 2.311 casos confirmados de violação por Covid-19, com um total de 96 passagens.

“Está se deteriorando e é mais horrível. Nesse sentido, avise-os sobre uma progressão de questões e você deve se sintonizar”, começou Rodrigo Duterte, em registros duplicados pelo escritório de notícias da Reuters.

“Como meus pedidos à polícia e às forças armadas são que, se houver problemas e houver um evento em que você retaliar e sua resistência de maneira prejudicial, mate-os. Visto? Morto, em vez de causar problemas. incluído.

A mediação ocorreu na sequência de conflitos registrados na cidade da capital, Manila, inspirados na suposta ausência de ajuda monetária em termos de nutrição, o que provocou algumas capturas.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *