Detido Segurança Burlador

Trata-se deste cidadão que se passava por um funcionário de uma renomada empresa de segurança privada, que nos dias de folga assume outra profissão. O tal suposto segurança vende formulários a requerentes de passaportes prometendo a aquisição imediata destes documentos de viagem, num esquema fraudulento e rentável. Entretanto embora confesso, Ferrão alega não ter cometido um delito grave ele acha que é um crime de leve.

Questionado sobre a prática da burla e seus efeitos, Ferrão opta em defender seus actos, o indiciado foi pego em flagrante pelos funcionários do SENAMI. Não tinha como negar nada

O SENAMI tem nos últimos tempos, processado funcionários envolvidos em casos de corrupção entre eles o destaque vai para a atribuição irregular de documentos de residência a cidadãos estrangeiros que escolhem Moçambique como país de acolhimento. E o caso do senhor ferrão não é novo ja tem muitos casos registrado, estamos a fazer de tudo para capturar a maior parte deles e puni-los.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *