Detidos Dois Indivíduos que Burlavam Idosos Em Chibuto

Dois indivíduos ligados ao Instituto Nacional de Acção Social (INAS) no distrito de Chibuto, província de  Gaza, encontram-se encarcerrados, desde semana passada, por prática de crimes de desvio de fundos. Por diante o grupo é ainda suspeito de prática suicinta de burla do subsídio social básico de alguns idosos num valor estimado em mais de 40 mil meticais.

Segundo a comandante distrital da PRM em Chibuto, Francisca Januário, dos detidos um esta em cargo da área financeira no INAS em Chibuto. O segundo é ponto focal no posto administrativo de Godide, cujo “modus operandi” traduzia-se na realização de pagamento indevido de subsídio social básico, estipulado em 5 mil meticais, para alguns idosos, mas que subtraíam 4 mil meticais para os seus bolsos, cabendo apenas mil meticais para os destinatários.

A comandante da PRM no Chibuto disse haver fortes envolvimento de mais indivíduos e o valor desviado ser ainda maior ainda por se constatar, mas aguarda-se pelos resultados das investigações que estão a ser levadas a cabo pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC), para esclarecer o caso completamente.

“O funcionário já se preparava para mais uma acção fraudulenta, na quinta-feira passada, desta feita no posto administrativo de Malehice, onde em contacto com o permanente daquela instituição no posto, houve troca de mensagens telefónicas fazendo menção de alguns nomes que deveriam ser burlados, entre os quais um idoso que já perdeu a vida, mas desta vez a acção terminou mal”, comentou a comandante que já estava atrás desses indivíduos.

Entretanto, o funcionário do INAS e o seu comparsa, foram notificados na quarta-feira passada para o interrogatório e em seguida submetidos à prisão preventiva, na penitenciária local enquanto aguardam o andamento do processo, que está a ser coordenado entre as autoridades policiais e o Ministério Público.

A policia promete então encontrar mais indíviduos envolvidos tendo certeza de que não são só esses dois deve haver uma quadrilha que se dedica exclusivamente para atos desse género

2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *