Dybala: “Disse ao Ronaldo que na Argentina Odiavam CR7”

Entrevista do avançado argentino, onde revela também estar “muito melhor” depois de ter acusado positivo à Covid-19.

Paulo Dybala admitiu que a maioria dos argentinos considera Cristiano Ronaldo. Em tom casual, em reunião com o canal da Federação Argentina de Futebol (AFA), o atacante da Juventus compartilhou uma discussão que teve com os portugueses sobre o assunto.

“Quando é concebível viajar e sentir-se ao meu lado. Revelei a ele que na Argentina ou o desprezava por sua figura, pelo método de ser, os meios pelos quais e … em qualquer caso, que ele havia surpreendido, por ter conhecido algo diferente, ele me compôs e revelou que estava acostumado a ser repreendido por essas coisas, mas era o equivalente “, descobriu Dybala, fazendo entender, entre elogios, que ele não pensa ou faz algo muito parecido com diferentes argentinos.

“Um nível individual me surpreendeu enfaticamente. No momento em que ele apareceu na Juventus, havia muito desejo, já que ele foi eliminado pela Liga dos Campeões pelo Real Madrid e houve algumas conversas durante o jogo, incorporando-o De qualquer forma, pouco tempo depois, vimos algo diferente: ele é um tipo fantástico, agradável, dentro e fora do hotel. Ele está sempre pronto para conversar e, além disso, para sintonizar algo que me surpreendeu, freqüentemente o figuras desse significado não gostam disso “, aplicadas.

Com relação ao Covid-19, Paulo Dybala diz que se sente “muito melhorado”, como um amor, afirmando o que está grávida, febre e cansaço foram indicações que ainda restam.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *