Filipe Nyusi Saúda Cristãos Pela Ocasião da Páscoa

Os cristãos do mundo inteiro celebram hoje a ressurreição de Jesus. Por isso, o Presidente da República, Filipe Nyusi, endereçou uma mensagem a todos os crentes. A seguir, a mensagem na íntegra.

“A comunidade Cristã do mundo inteiro celebra, hoje, a Páscoa, que simboliza a ressurreição de Jesus Cristo. Trata-se de um evento sublime no calendário cristão, após a Quaresma e o Domingo de Ramos que evidenciam o sacrifício, a compaixão, solidariedade e amor ao próximo, valores em que se alicerça a fé cristã.

Por ocasião desta efeméride, honra-nos, endereçar, em nome do Governo e no meu próprio, uma saudação especial, à Comunidade Cristã Moçambicana e aos Cristãos de todo o mundo.

Neste ano, devido às circunstâncias adversas em que vivemos, celebra-se a Páscoa de forma diferente da tradicional, ainda assim e sobretudo em face dos desafios daí decorrentes, assinalamos a data com maior convicção e fé. Num momento em que o mundo inteiro centra esforços no combate à pandemia do COVID-19 que tem estado a ceifar milhares de vidas humanas, suscita-se um claro repto à necessidade de aprofundar a nossa Humanidade, sentido de solidariedade e amor ao próximo.

Queremos continuar a contar com a colaboração da fraternidade cristã na superação dos desafios que se colocam na construção de um país melhor, agora incidentes no combate ao COVID-19, incluindo na formação integral do Homem na ciência e na fé.

A nossa fé e convicções são, mais do que nunca, chamadas no cumprimento rigoroso das medidas de prevenção e contenção da propagação do Novo Coronavírus, estipuladas pelas autoridades, de modo a salvar vidas. Inspirados na fé cristã, continuemos a consentir sacrifícios individuais e colectivos, para que sejamos protagonistas da transformação que pretendemos e da edificação do bem maior – a vida.

A nossa fé e convicções são ainda chamadas para nos solidarizarmos com os nossos compatriotas em Cabo Delgado, em pleno sofrimento, vítimas de assassinatos e pilhagem dos seus bens, destruição das suas habitações, hospitais, escolas e igrejas, entre outras infraestruturas.

Preocupam-nos, igualmente, os incidentes que ocorrem na zona centro do nosso país, onde homens e mulheres são vedados de circular, importantes infraestruturas económicas e sociais são constantemente sabotadas.

Gostaríamos de ver cada vez mais consolidados na nossa sociedade, os valores e princípios cristãos, de amor ao próximo, perdão, solidariedade e caridade exaltados na Quaresma e na Páscoa.

Fazemos votos sinceros de uma celebração Pascal plena da sua essência, em recolhimento e introspecção sobre a nossa fé e o nosso papel na construção de um Moçambique melhor, de paz e progresso socioeconómico”.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *