Jovem de 24 anos assassina a sua avó com pedra alegando sendo feiticeira

Na cidade da Beira um jovem, de 24 anos de idade, recolheu as celas da PRM por ter assassinado a sua avó com recurso a uma pedra. O indiciado conta que matou a avó a mando da família que acusava a vítima de feitiçaria.

É um caso que chocou os moradores da zona da Inhamizua na cidade da Beira. Segundo relatos do indiciado que já está a contas com a polícia, o assassinato da avó de 70 anos foi coordenado pela família que acusava a anciã de ser feiticeira. O jovem, na companhia do seu primo, dirigiu-se a casa da avó, onde cometeu o crime.

Para praticar o acto, o jovem recorreu a esta pedra e diz que com a morte da avó vê resolvido os problemas da falta de sorte que apoquentam a família.

Inconformados com o facto, as comunidades residentes naquela área residencial dirigiram-se a oitava esquadra na cidade da Beira, onde pretendiam de perto conhecer o jovem que tirou a vida da sua avó.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *