Moçambique Recebeu Um Total de 22 mil kits Para Diagnóstico do Coronavírus

“Para garantir a segurança, os testes de todas as áreas são enviados para Maputo, em condições de frio”, analisa uma declaração oficial distribuída no site da substância, que inclui que, das 22.000 “unidades”, apenas 200 foram usadas.

Os exemplos são enviados ao centro de pesquisa do Instituto Nacional de Saúde (INS), que chega a 40 e 50 exemplos de vários territórios todos os dias e soma 20 especialistas.

De acordo com o Ministério da Saúde, não obstante o INS, com a capacidade de concluir 600 testes por dia, existem duas instalações de pesquisa em Moçambique que analisam a covid-19; no entanto, os exemplos são enviados a países externos, incluindo Portugal.

“O Ministério da Saúde está adotando uma metodologia para estender a descoberta do novo coronavírus para diferentes territórios do país”, finaliza a nota.

Moçambique mantém uma soma de oito casos confirmados com autorização desde o início da pandemia, seis importados e dois por transmissão nas proximidades, sem nenhuma passagem.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19, acabou de contaminar mais de 750.000 indivíduos em todo o mundo, dos quais mais de 36.000 já faleceram.

Dos casos da doença, 148.500 são vistos como aliviados.

Depois de aparecer na China em dezembro, o surto se espalhou por todo o mundo, incitando a Organização Mundial da Saúde (OMS) a proclamar uma circunstância pandêmica.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *