O nosso Polícia-Músico lança música ”Tropa não chora” homenagem a F.D.S

“Ser militar é sinal de muita responsabilidade, pois quando um soldado  despede-se da sua família, sai de casa com missão de defender a pátria, lutar pela pátria, proteger sobretudo o território nacional e militar merece o reconhecimento e respeito de todos nós”

Ao contrário do que maioria dos Moçambicanos tem dito à respeito das Forças de Defesa e Segurança FDS, o jovem talentoso Moçambicano Salmo Mayer que é aguente da polícia da República de Moçambique e músico, fez uma diferença enorme e lançou recentemente uma nova intitulada TROPA NÃO CHORA em homenagem às FDS.

  Nativo da cidade de Nampula, Salmo Mayer além de estar nas fileiras da PRM, sem sombra de dúvida o jovem tem talento nas suas veias e o grande talento dele é cantar, nesta sua nova música que já é sucesso, fala das qualidades dos homens da defesa e Segurança ou simplesmente FDS, que de dia e noite, com chuva e sol estão nas florestas fechadas de Cabo Delgado e centro do País a defender a pátria Moçambicana, e a confrontar fortemente os terroristas que em Cabo Delgado estão a matar muitas pessoas e infraestruturas naquele ponto do País, porém estes entre outros  motivos levaram o Salmo Mayer a cantar e homenagear todos os membros Da Força da Defesa e Segurança que lutam diariamente para Moçambique melhor.

  O tema TROPA NÃO CHORA, foi uma escolha muito especial e nesta música Salmo diz que “nós somos a tropa, tropa não chora, nós somos a polícia, polícia não cansa”.  Nesta obra musical falou igualmente dos antigos combatentes que deram suas vidas em defesa da pátria, o mesmo apela as comunidades para colaborararem com as autoridades em denunciar os malfeitores e os insurgentes, pois estes são os piores inimigos da pátria.

Portanto, para dar visibilidade à esta belíssima obra, Salmo tem feito promoção nos canais televisivos e a música já é um sucesso total, além da música o jovem lançou também camisetas com a escrita “Tropa não Chora”.

 “Cabo Delgado me chama, Sofala me chama, zona centro me chama, Moçambique me chama”.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *