Pancadaria na assembleia municipal da Beira

Em plena sessão membro do MDM agride o seu colega da Frelimo

Membro do MDM é acusado de ter agredido em plena sessão da assembleia municipal da Beira o seu colega da Frelimo que apresentava o parecer do seu partido no decorrer da terceira sessão extraordinária daquele órgão.
Foi numa sessão em que os jornalistas por conta das medidas de prevenção da covid-19 tem tido pouco acesso às sessões. Nesta quinta-feira, segundo relatos dos membros da Frelimo e Renamo, transformou-se num campo de violência física.
A vítima da referida agressão, diz que se sentiu ameaçada a sua integridade.
A Bancada da Renamo na assembleia municipal da Beira, confirmou a tal agressão ao membro da Frelimo e condenou a atitude da violência protagonizada pelo membro do MDM.
O MDM, através do seu chefe da bancada, admite ter havido excesso de zelo por parte do membro da sua formação política, mas diz que o fez em defesa dos interesses dos munícipes da Beira. Afirmou que a Frelimo levou para a tal sessão assuntos que não constavam da agenda, numa clara demonstração de sabotagem da sessão extraordinária da assembleia municipal.
Em solidariedade com o seu membro, a Frelimo abandonou a sessão extraordinária, mas mesmo assim não impediu que o documento em discussão fosse aprovado.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *