Ronaldinho Está Sendo Investigado Sobre Outros Crimes, Para Além De Passaporte Falso

O pesquisador Osmar Legal – que atua durante o tempo que Ronaldinho Gaúcho e Roberto de Assis, irmão do jogador anterior, está sendo pesquisado para o uso de vistos falsos no Paraguai – anunciou neste domingo (8) no Globoesporte.com que existem dois . examinado por diferentes irregularidades.

Ronaldinho e Assis foram capturados nesta quarta-feira (4) depois de aparecerem em Assunção e estão sendo mantidos sob tutela preventiva no país vizinho. No momento, eles estão sendo indiciados por usar relatórios paraguaios imprevisíveis. O confinamento pré-preliminar pode durar até meio ano.

Foi o próprio Osmar Legal quem pediu, no sábado (8), que os brasileiros fossem presos, acusando “perigo de saída e que o Brasil não retira seus moradores”. Ao tentar transformar o caso em uma captura de casa, uma suposta barreira de que Assis tem um problema cardíaco e precisa de consideração clínica.

Para o Globoesporte.com, o examinador falou no domingo sobre os possíveis pontos focais do uso de identificações internacionais esporádicas. “Um brasileiro com a opção de usar o Paraguai pode ter o benefício de se interessar por negócios em certas organizações do país. [Vantagens] Que não foram concedidas sem a cidadania paraguaia”, afirmou o departamento jurídico.

Ele disse que não foi capaz de declarar quais seriam as etapas seguintes no exame, mas disse que “há sinais de que diferentes irregularidades foram submetidas”. Ele também não retratou como identificações falsas chegaram a Ronaldinho e Assis.

O investigador expressou ainda que “é significativo que eles [Ronaldinho e Assis] fiquem no Paraguai durante esse procedimento”. Não obstante a captura do ex-jogador e seu irmão, Osmar Legal mencionou uma captura preventiva de dalia López, responsável pela excursão da dupla ao Paraguai.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *