Um indivíduo foi extraído órgãos genitais após ser embebedado

Quatro indivíduos estão a contas com a Polícia da República de Moçambique, no Distrito de Tsangano, em Tete, acusados de extrair órgãos genitais a um cidadão de 33 anos de idade.

Embebedar para decepar os órgãos genitais. Este é o esquema que teria sido usado pelos indiciados para atingir o objectivo. Segundo a polícia em Tete, os suspeitos, quando se aperceberam que a vítima já estava embriagada, levaram-na até ao local onde foram cortadas as partes íntimas.

O Porta-Voz da Polícia em Tete indicou ainda que a vítima está a receber cuidados médicos, no Hospital Distrital de Angónia.

Entre os 4 detidos está uma mulher, tida como a suposta mandante.

A corporação desencoraja o consumo de bebidas alcoólicas em ambientes de festa nesta época da Covid-19, e fez saber que foi destacada uma força policial na região, para eliminar focos de venda e consumo de bebidas alcoólicas.

O Distrito de Tsangano faz fronteira com o vizinho Malawi, e as referidas bebedeiras que, muitas vezes terminam em morte, podem reduzir a zero os esforços das autoridades no combate ao novo Coronavírus.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *