Zambézia Sem Meios De Prevenção Contra Coronavirus

A província da Zambézia debate-se com falta de meios circulantes para evacuação de prováveis casos de doentes de covid-19. Ou seja, neste momento o sector da saúde aguarda por apenas uma ambulância que em breve será enviada do ministério para a província.

Neste sentido, a secretária do estado provincial da Zambézia Judite Mussácula, reuniu com grupo de empresários para pedir apoio necessário, para que os profissionais de saúde consigam fazer intervenção em caso de eventual eclosão do COVID-19.

Os apoios variam desde matérias de higienização nomeadamente baldes, desinfectantes, luvas, máscaras entre outros até meios circulantes.

Na ocasião foi criada uma equipa de gestão que vai dar seguimento o processo de angariação de doações dos actores interessados em apoiar o sector da saúde.

Neste momento, na província da Zambézia já foram rastreadas cumulativamente desde a eclosão da pandemia no mundo, mais de 6.500 pessoas, sendo que estão em quarentena domiciliar 111. Dos cidadãos em quarentena destaca-se chineses, americanos, Malawianos, Tanzanianos entre outros.

E porque nos últimos dias muita desinformação tem estado a ocorrer na província em volta da propagação do COVID-19, os empresários reflectiram com preocupação este facto. O jovem empresário Dinho Puro, foi indicado pela secretária de Estado para criar e gerir um grupo de WhatsApp.

O referido grupo para além dos membros do Governo, segundo a responsável deverá envolver jovens influentes ao nível das redes sociais na província. A visão da criação da plataforma visa partilhar de informações oficiais por forma a evitar situações de desinformação.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *